Café com letras #11 - Leitora Anônima



Dançando para não acabar
Quando o copo quebra, a vontade acaba, a nota vem baixa, o amado trai, a almofada rasga, a musica trava, o telefonema falha, a barriga cresce e a culpa nasce; seu mundo acaba. Acaba da sua forma, cai e se despedaça. Nem o salgado das lagrimas sara. Tudo deu errado, saiu fora do planejado. Cadê o controle total? A situação desandou e da sua mão escapou.
Mas relaxa, por mais que tenha falhado, o mundo não acabou.
Mas e no começo do texto? La ele tinha acabado... Assim como no momento imediato, mas já passou. O sol voltou, o sorriso apareceu, a musica tocou, e a terra dançou. Dance junto, ela esta desacompanhada, e vc ai parada.
Dance, dance e dance. Como se ontem não tivesse acontecido, como se nada estivesse caído.
Você esta, esteve, e estará. Esqueça de tudo, jogue pro alto. A vida te jogou, e vai continuar. O melhor é dançar, para não desalinhar.

Texto de uma leitora anônima

Seguidores