5 descobertas científicas acidentais


Você não vai acreditar nestas descobertas científicas que aconteceram por pura sorte:



Viagra - originalmente, a pílula azul era um tratamento para angina, em desenvolvimento pela Pfizer, nos anos 1980. Mas, quando entrou em teste, os pesquisadores perceberam que ela não era uma solução para a pressões sanguíneas altas e que tinha outro tipo de consequências - você sabe muito bem quais!

Fonógrafo - Um belo dia, Thomas Edison estava mexendo com estanho e com um cilindro de papel, em busca de algo que pudesse gravar sinais de telégrafo. E, sem querer, ele acabou gravando a própria voz. Foi a primeira vez que a voz humana foi gravada e, nesta hora, surgiu a tecnologia que levou ao fonógrafo.

Borracha vulcanizada - Charles Goodyear passou anos tentando criar uma borracha resistente e resistente a temperaturas extremas. Mas ele só descobriu essa borracha quando, sem querer, derramou uma mistura de borracha, chumbo e enxofre no forno. O negócio se misturou e formou uma película similar ao couro.

Impressora - um engenheiro da Canon encostou uma solda em sua caneta e descobriu que a tinta era liberada poucos momentos depois, princípio que coordena as barulhentas impressoras de cartucho.

Vaselina - Robert Chesebrough tentava encontrar petróleo quando, em uma escavação, seus funcionários se depararam com uma substância escorregadia, que impedia o processo da broca de perfuração. Isolando o composto, ele percebeu que a substância funcionava como pomada e lubrificante. Foi descoberta a vaselina.                                                                                                                   Fonte

Seguidores